27 abr. 2009

Canción por la Unidad Latinoamericana

Pablo Milanés




Canção pela Unidade da América Latina.

O nascimento de um mundo se adiou por um momento
Um breve lapso do tempo, do universo um segundo.
No entanto parecia que tudo ia acabar
Com a distância mortal que separou nossas vidas.

Realizaram a tarefa de desunir nossas mãos
E a pesar de ser irmãos, nos olhamos com temor
Quando passaram os anos, se amontoaram rancores
Esqueceram-se os amores, parecíamos estranhos.

Que distância tão sofrida, que mundo tão separado
Jamais teria encontrado sem entregar novas vidas.
Escravo por uma parte, servil criado por outra
É o primeiro que nota o último em se livrar

Explodindo esta missão de vê-lo tudo tão claro
Um dia viu-se liberal por esta revolução.
Isto não foi um bom exemplo para outros por libertar,
A nova tarefa foi isolar bloqueando toda experiência.

O que brilha com luz própria ninguém pode apagar,
Seu brilho pode alcançar a escuridão de outras costas.
O quê pagará este pesar do tempo que se perdeu,
Das vidas que custou e das que pode custar.

Será pago pela unidade dos povos em questão,
E ao que negue esta razão a história condenará.
A história leva seu carro e a muitos nos montará,
Por cima passará daquele que queira negá-lo

Bolívar lançou uma estrela que junto a Martí brilhou,
Fidel a dignificou para andar por estas terras.



1 comentario:

  1. Amazing song. Convido você a visitar o meu grupo, facebook, join.
    http://www.facebook.com/group.php?gid=175383036239

    ResponderEliminar

Comente aqui..