8 may. 2009

Señora de las Cuatro Decadas

Ricardo Arjona

Para as mulheres que estão transitando os quarenta... e para as que estão prestes a chegar aí com muito carinho.



Senhora das Quatro Décadas

Senhora das quatro décadas
E passos de fogo ao caminhar
Sua figura já não é a dos quinze
Mas o tempo não sabe murchar
Esse toque sensual
E a força vulcânica do seu olhar

Senhora das quatro décadas
Permita-me descobrir
O que há por trás desses fios de prata
E essa gordurinha abdominal
Que as aeróbicas não sabem eliminar

Senhora
Não roube anos à sua vida
Ponha vida em seus anos que é melhor
Senhora
Não roube anos à sua vida
Ponha vida em seus anos que é melhor

Porque note você
Que ao fazer amor
Sente as mesmas cosquinhas
Que sentiu há muito mais de vinte
Note, assim de repente,
Você é a amálgama perfeita
Entre experiência e juventude

Senhora das quatro décadas
Você não precisa mostrar
Sua figura atrás de um decote
Seu talento está em manipular
Com mais cuidado a arte de amar

Senhora das quatro décadas
Não insista em voltar aos trinta
Com seu quarenta e tantos no corpo
Deixa marcas por onde caminha
Que a fazem dona de qualquer lugar

Como sonho com você senhora... imagine
Que não falo de outra coisa que não seja de você
O que tenho que fazer senhora
Para ver se se apaixona
Deste, dez anos mais moço.



2 comentarios:

  1. "E essa gordurinha abdominal
    Que as aeróbicas não sabem eliminar". Acabo de entrar num quadro de depressão profunda.

    ResponderEliminar
  2. kkkkkkkkkkk e eu que acho essa música linda... depois dos quarenta fica difícil mesmo eliminar a barriguinha... mas há outras compensaçoes, rsrsrsrsr

    ResponderEliminar

Comente aqui..