30 jul. 2009

Canción del adiós

Los Nocheros



Canção do Adeus


Digo-te adeus, e por acaso, te amo ainda.
Não sei se te esquecer, mas te digo adeus.
Não sei se me amaste, não sei se eu te amava
ou talvez nos amássemos demais os dois.

Este carinho meu, apaixonado e louco,
eu semeei na alma para te amar a ti.
Não sei se te amei muito, não sei se te amei pouco,
o que eu se é que nunca voltarei a amar assim.

Resta-me teu sorriso gravado na lembrança,
e o coração me diz que não te esquecerei.
Mas ao ficar sozinho, sabendo que te perco,
talvez comece a te amar, como jamais te amei.

Digo-te adeus, e talvez, nesta despedida,
meu mais belo sonho morra dentro de mim.
Mas te digo adeus para a vida inteira,
mesmo que a vida inteira continue pensando em ti.
Continue pensando em ti
Continue pensando em ti...



4 comentarios:

  1. e o clip de vídeo é ótimo também. Sao dois grandes atores argentinos.

    ResponderEliminar
  2. Paty, esses versos falam de mim no atual momento que estou vivendo. Já "roubei" "Palavras para Júlia" para postar no meu blog. Vou roubar este poema AGORA, ok? Amei.

    Beijos!

    P.S. Estou numa correria tão grande que não tenho passado por aqui. Nos últimos dias, estou desacelerando um pouco pra me dedicar às coisas que curto. E este "Cantinho", com certeza, está entre as coisa que curto.

    ResponderEliminar
  3. que bom, Romyna! Eu também curto muito do Retrato em Branco e Preto... só sinto falta de poder postar comentários rsrsrs
    adoro você.

    ResponderEliminar

Comente aqui..